domingo, 30 de março de 2014

Tem horas...



Tem horas, tem horas que me sinto só como nunca
Tem minutos, tem minutos que me sinto excluído
Tem segundos, que acredito ter chegado lá

Tem horas, que não acho saída
Tem minutos, que vejo o fim
Tem segundos que acredito ter chegado lá

Tem horas que acho ter chegado minha hora
Tem minutos que detesto estar Vivo
Tem segundos, que acredito ter chegado lá

Tem horas que acredito que fiz de tudo
Tem minutos que peço tempo
Tem segundos que acredito ter chegado lá

Tem horas que penso recomeçar
Tem minutos que acho que já fiz de tudo
Tem segundos que acredito ter chegado lá

Tem horas que choro
Tem minutos que rio
Tem segundos que acredito ter chegado lá
   
Tem horas que lamento
Tem minutos que reafirmo
Tem segundos que acredito ter chegado lá

Tem horas de paz
Tem minutos de guerra
Tem segundos com os dois

Tem horas que paro
Tem minutos que  penso
Tem segundos que acredito
Ter sempre ter  um momento,

de recomeçar...