segunda-feira, 13 de março de 2017

QUANTO VALE O HOMEM




O químico inglês, professor Charles Henry Maye, que procedeu a estudos especiais sobre o valor químico do homem, chegou às seguintes conclusões curiosíssimas:
Com a gordura do corpo de um homem normalmente constituído podem-se fabricar sete sabonetes.
Conta o nosso organismo com açúcar suficiente para adoçar uma xícara de café, e ferro para o fabrico de um prego de tamanho médio.
O fósforo existente no homem daria para dois mil e duzentos palitos.
Com o magnésio que o corpo humano contém seria possível tirar uma fotografia.

Todas essas matérias-primas estão avaliadas em R$ 3 e 14 Centavos – que é quanto representa cada um de nós, quimicamente.