sábado, 14 de abril de 2012

Cotidiano III



















Passei hoje pela antiga Rede Ferroviária, se não fosse a Prefeitura descascar aquele abacaxi, já tinha caído aos pedaços a horas, pelo visto estão trocando os dormentes, se fossem um pouco mais usados, já tinha acontecido um acidente, tamanho o descaso com os trilhos. Lembro como se fosse hoje a privatização do Collor, dando de mão beijada no Sul a RFFSA para a ALL, por 30 anos, terminando de vez com a rede, no governo Fernando Henrique. Muita gente da antiga Rede, dormiu trabalhando e acordou demitido isso em 1990. Vendo o estado da máquina, concluo que ainda persiste o desmantelamento dos mais de 21 mil quilômetros na malha viária em todo país. A ALL tem sede em Curitiba, Paraná, e tem responsabilidade por 15 metros da faixa de domínio. Nas fotos, vemos as diferenças dos dois trens. O primeiro caindo aos pedaços, o segundo até que bom, mas ainda, meia boca.
,