domingo, 15 de abril de 2012

Memórias I


Entre as muitas escolas que trabalhei levando conhecimento às crianças sobre prevenção ao uso de drogas, uma foi a municipal Silvio Aquino. Sempre tive um respeito e admiração pela escola. Sinceramente,  não sei porquê, talvez  por sempre ser bem recebido ou a piazada  gostava de mim ou por sentir que ali fazia falta. Cada aula que eu dava, saia aliviado, em paz. 

Na vida, tudo funciona em harmonia, não existe instrumento que toque desafinado, cada nota está no seu devido lugar, em algumas músicas, até pode ter algum suposto ruido, mas se ele esta ali,é ali que deve estar. Ao bom maestro, resta, com sua batuta, mostrar os detalhes, que vezes é suave, outras, mais duras, formando então, uma perfeita orquestra. Quem tem ouvidos que ouça, quem tem olhos que veja, a partitura esta na nossa frente, basta, que a sigamos. 

*Essa foto foi a uns dez anos. Era ruim quando tinha fim as aulas, quem gosta do que faz, sempre se apega aos alunos.