sábado, 30 de agosto de 2014

Desequilíbrio no Mundo

Há evidente desequilíbrio no vosso mundo, pois o ladrão de aves e o batedor de carteiras são maiores criminosos do que o banqueiro fraudulento, o administrador corrupto, a autoridade venal, o governo dilapidador, o representante popular mentiroso ou o ministro oportunista. Os meliantes comuns ainda afrontam perigosamente a Lei, expondo-se à execração pública e arriscando a vida em troca de bens mesquinhos; mas os prevaricadores oficiais se acobertam à sombra do poder e da autoridade venal. Se os infelizes desajustados do vosso mundo operam com o punhal e a pistola, os salteadores do patrimônio público servem-se da caneta-tinteiro; a qual, em muitos casos, é uma arma que causa mais vítimas e sofrimentos do que um revólver na mão de um homicida.

****
o criminoso hábil, inteligente, educado em colégios esmerados e munido de vistoso diploma acadêmico, já desembaraçado no convívio social, vós o colocais à testa dopatrimônio público.Ele dilapida esse patrimônio, comete injustiças e burla as leis que deve respeitar; escamoteia os direitos alfandegários, impõe a força de suas amizades para garantir as suas falcatruas; desarticula a engrenagem judiciária e inverte concepções da Lei! Usufrui o máximo apetecível, amealha afortuna em curto prazo; apressa a morte dos tuberculosos que não têm hospitais e dos alienados sem asilos; favorece a corrupção dos menores sem proteção, e gera o desespero. no miserável que está faminto. Enquanto outros, credenciados e protegidos pelo beneplácito oficial, são os "gozadores" desse purgatório terráqueo, o verdadeiro desajustado vos perturba, como desagravo ou protesto por não o haverdes recolhido e educado quando, na sua infância, ainda era possível salvá-lo

* Ramatis