segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Condutores, Prefeitura e Centro Empresarial

Creio que poucas vezes, passou pelo legislativo  municipal, algo tão encruado como o tal astacionamento rotativo. Com o interesse do Centro Empresarial, a coisa mudou de figura, um fato novo que pode por fim a tão difícil decisão do prefeito municipal. Não creio que os tais parquimetros mudariam alguma coisa, pelo contrário, seria mais um motivo para resistência  da população. Outro fato novo, seria o lucro aferido pelo centro empresarial, que bem poderia ser, a médio prazo, para resolver os problemas da compra das câmeras de segurança, para o centro da cidade, desonerando,  é claro o poder público. Idéias e idéias, uma coisa é acertá-las, outra e a prática. Pontos ao centro empresarial, e a prefeitura, e no meio disso tudo, uma população de 25 mil condutores, que não vê a hora, do problema ser resolvido.