quinta-feira, 14 de abril de 2011

Cura espiritual

Comece orando. A prece é luz na sombra em que a doença se instala.

Semeie alegria. A esperança é alegria no coração.

Fuja da impaciência. Toda irritação é desastre magnético de conseqüências imprevisíveis.

Guarde confiança. A dúvida deita raios de morte.

Não critique. A censura é choque nos agentes da afinidade.

Conserve brandura. A palavra agressiva prende o trabalho na estaca zero.

Não se escandalize. O corpo de quem sofre é objeto sagrado.

Ajude espontaneamente para o bem. Simpatia é cooperação.

Não cultive os desafetos. Aversão é calamidade vibratória.

Interprete o doente qual se fosse você mesmo. Toda cura espiritual lança raízes sobre a força do amor.

André Luiz (espírito)

Médium: Francisco Cândido Xavier Livro: O Espírito da Verdade.