terça-feira, 11 de setembro de 2012

Procon comemora 22 anos

Regras para esse benefício devem ser observadas para evitar problemas.

Nesta terça-feira (11), dia em que o Código do Consumidor completa 22 anos, a Associação Brasileira dos Procons (ProconsBrasil) inicia um trabalho conjunto em diversos Estados para alertar o consumidor sobre o empréstimo consignado. Uma cartilha da Fundação Procontraz orientações aos consumidores sobre o assunto.

O empréstimo consignado é proposto por correspondentes bancários, em geral, a servidores públicos e aposentados com pagamento das parcelas descontado em folha de pagamento ou do benefício (pensão ou aposentadoria). Esses profissionais são pagos para abordar as pessoas com propostas atrativas e promessas de juros mais baixos no parcelamento.

Uso de cartão de crédito para pagamento de contas aumenta 70% desde 2009 em Campinas (Foto: Reprodução / EPTV)
Mensalidade não pode ultrapassar 30% do valor do
benefício líquido(Foto: Reprodução / EPTV)
As regras para esse benefício (veja abaixo) devem ser observadas para evitar problemas futuros. Para obter o empréstimo consignado, o beneficiário deve verificar a rede de bancos e financeiras credenciados ao INSS. A lista está disponível no site da Previdência Social.

Conheça regras importantes para o empréstimo consignado
- a contratação não pode ser efetuada pelo telefone
- a mensalidade não pode ultrapassar 30% do montante do benefício líquido
- prazo máximo deve ser de 60 meses
- não pode haver cobrança de Tarifa de Abertura de crédito (TAC) ou qualquer outra cobrança na contratação
- os bancos e financeiras são obrigados a emitir, em 48 horas, boleto ou documento de pagamento detalhado, quando o beneficiário desejar pagar antecipadamente todo o empréstimo
- o primeiro vencimento não poderá ocorrer em prazo superior a 30 dias da assinatura do contrato
- os empréstimos só podem ser contratados no estado em que o aposentado ou pensionista reside e recebe o benefício