segunda-feira, 8 de junho de 2015

53 anos de Exílio II



Hoje estou comemorando alguns dias a mais na terra....Sinceramente não sei de rio, ou choro.  Rir pois estou Bem me sinto bem, e chorar porque tô mais perto da morte. Mas enquanto ela não vem faço e refaço novas propostas comigo mesmo. Me propondo a mudar algumas coisas, um Trato comigo, um trato com meu EU, me propondo a partir de agora  um novo re-começo, um novo ciclo um novo pensar. Sabendo que sou provisório, pois de Eterno só a Evolução -  tento e re-tento evoluir espiritualmente, coisa que Não fácil, pois os defeitos habitam em minhas entranhas, e se não parados pelo auto aperfeiçoamento,  de nada adiantará eu ter vivido 100 anos na terra.

Diante disso, agradeço a DEUS por estar aqui, por estar tentando evoluir, e que ao sair deste Exílio chegando lá, possa ver que ao menos consegui um pouco fazer aqui o que antes de nascer me propus, até porque,  tenho certeza que ficará ainda muitas coisas à fazer, por isso a necessidade de voltar e voltar. 

Viver nunca será ruim, Chico Xavier já dizia: Da morte todos podemos escapar, mas da vida, nunca.