terça-feira, 22 de maio de 2012

Pela redução de suicídios


Lançamento do Manual de Prevenção ao Suicídio ocorreu nesta terça-feira (22)


O manual faz parte do programa de Promoção da Vida e Prevenção do Suicídio, que é uma iniciativa conjunta do Sistema de Saúde Mãe de Deus e CEVS-RS 
Manual de Prevenção ao Suicídio foi lançado nesta terça-feira (22), às 9h. O objetivo do manual é prestar orientações aos profissionais de saúde no combate ao suicídio e também conferir dicas aos pacientes que necessitam de auxílio.
Os dados baseiam-se em pesquisa realizada nos municípios de Venâncio Aires, Santa Cruz do Sul, Candelária e São Lourenço do Sul, no Rio Grande do Sul. Essas cidades estão entre as que apresentam maior incidência de suicídio no Brasil, das que possuem mais de 50 mil habitantes.
O manual faz parte do programa de Promoção da Vida e Prevenção do Suicídio, que é uma iniciativa conjunta do Sistema de Saúde Mãe de Deus (SSMD) e do Centro Estadual de Vigilância em Saúde do Rio Grande do Sul (CEVS-RS). O programa foi iniciado em 2008, após a constatação que a incidência de suicídio no Rio Grande do Sul era uma das maiores do Brasil.
Com a implantação desse programa, no ano de 2009, houve uma redução da incidência de suicídio de 5% no Rio Grande do Sul. No ano de 2010, essa redução foi de 6%, o que totalizou 11% em dois anos, de acordo com o Coordenador do Centro de Promoção da Vida e Prevenção ao Suicídio do SSMD e Coordenador da Unidade de Saúde Mental do Hospital Universitário-Canoas, Dr. Ricardo Nogueira.
O lançamento do manual contará com a presença do Dr. Celso dos Anjos – Diretor do Centro Estadual de Vigilância em Saúde do Rio Grande do Sul (CEVS/SES-RS); Dra. Marilina Bercini – Chefe da Divisão de Vigilância Epidemiológica do Centro Estadual de Vigilância em Saúde do Rio Grande do Sul (DVE/CEVS/SES-RS); e Dr. Fabio Leite Gastal – Superintendente Médico Assistencial do Sistema de Saúde Mãe de Deus.

Fonte: Comunicação Mãe de Deus
Autor: Jornalista Renata Appel (DRTE/RS - 13926 e 7298)
Revisão e Edição: de responsabilidade da fonte

Dados preocupantes


Em em 2009, 1.151 suicídios foram registrados no Estado. Entres as Capitais brasileiras, Porto Alegre tem o mais alto índice. Proporcionalmente, cinco municípios do Interior tem os maiores níveis: Santa Rosa, Venâncio Aires, São Lourenço do Sul, Candelária e Santiago.

Fonte: Correio do Povo 


No Brasil, o meio mais utilizado entre os homens, segundo estudo do Ministério da Saúde, é o uso de armas de fogo (44%), e entre as mulheres, o enforcamento (41%). Um estudo epidemiológico no RS apontou o enforcamento como responsável por 62% das mortes em geral. No RS, as armas de fogo são responsáveis por mais de 20% dos suicídios, enquanto a média brasileira se situa em 25%.


Eliziane Mello de Santiago, falou sobre o assunto em seu Blog: Acesse