segunda-feira, 14 de maio de 2012

A respeito da prisão do Rapper Emicida-Por Darwin Brum

E foi bem feito! Falam da "liberdade de expressão", mas o pseudo-rapper diz que "homens fardados são maus" e ainda recebe defesa? Os homens fardados não servem apenas pra prender, atirar, reprimir. No estado onde fui criado - e em mais 14 estados do Brasil - existe o "Programa de Resistência as Drogas e a Violência", projeto esse, em que os "homens maus" ajudam na formação das crianças, para que essas se tornem cidadãs de respeito, longe das drogas e da violência. 

Quem sabe um desses policiais estava presente no show, e ouviu - que apesar de arriscar a sua vida, correr atrás de ladrão, passar noites em claro e educar crianças - ainda assim é um "homem mau" apenas pelo nome da profissão que tem, e acabou se sentindo desacatado, DESVALORIZADO, subestimado? 

Desde pequeno aprendi que a "a minha liberdade termina quando encontra o limite na liberdade do outro". A dele terminou a partir do momento em que ofendeu uma pessoa, fazendo um juízo de caráter baseado na profissão. Palmas para o policial que prendeu o "rapper" por desacato, se não foi respeitado, se fez respeitar.




*https://www.facebook.com/daugellocole