segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Atentados contra agentes da lei será crime hediondo


Movimento Reaja Brasil está colhendo assinaturas para punir com mais severidade os crimes contra agentes da lei. A intenção da mobilização é tornar os crimes que atingem pessoas que trabalham na garantia da segurança para toda a sociedade hediondos.
Para isso, o primeiro passo é colher assinaturas para apresentação de projeto de iniciativa popular à Câmara dos Deputados. É necessário, no mínimo, a adesão de 1% do eleitorado nacional, o equivalente a 1,4 milhão de eleitores, distribuídos em, pelo menos, cinco estados.  
Os acontecimentos em São Paulo demonstram que é necessário mudanças na legislação e maior proteção à fiscalização e cumprimento da lei. Quase 100 policiais já forma assassinados apenas em 2012, apenas no estado de São Paulo. A ação dos bandidos, além de causar agitação entre os policiais e bombeiros militares que passaram a ser cassados pelas ruas, provoca pavor na população.
Mas em outros estados brasileiros agentes da lei também estão sendo assassinados, pois os bandidos deixaram de temer a lei. Por isso, a ABAMF está engajada nesta luta. A partir da próxima semana, a representação dos servidores de ensino médio da BM colherá assinaturas para transformar em hediondos os crimes praticados contra agentes da lei.
Paulo Rogério N. da Silva
Jornalista ABAMF