sexta-feira, 7 de junho de 2013

Um pouco de São Tomé



Na vida jamais podemos dizer que caminhos seguir, apenas pressupomos que onde estamos é o lugar certo, somos água ao sabor do vento, uma ideia aqui, um problema ali e novos rumos podem se apresentar de uma hora para outra. Tomar uma decisão nunca é fácil, principalmente quando mexe com a vida de outras pessoas, separar razão da emoção não é para qualquer um, isso é fácil para quem olha de fora, quem vive um dilema destes vive um tormento. Mas Deus sempre nos da perspectivas, para quem acredita nele isso não se torna tão difícil, para quem tenta ouvir mais longe, para quem procura no silêncio uma resposta, de uma forma ou de outra ela vem, por mais que nos contrarie ela vem, comigo foi assim e continua sendo, todos os dias surgem perguntas e delas quero respostas, acostumados a ouvir com os ouvidos esquecemos que podemos escutar com o espirito, e é aí que vem os maiores acertos, como vivemos no materialismo nos igualamos a São Tomé pagando pra ver, sendo que o sentir Deus nos deu de graça. Sei que de uma hora para outra nossa fé pode ser testada, é fácil alardear nossas crenças quando tudo vai bem, mas se o jogo virar como reagiremos?? Hoje me atenho a isso, no crer sem ver no crer quando na dor, isso sim é um verdadeiro desafio, pois a resolução dos problemas esta mais em aceitá-los do que vê-los resolvidos. Todos um dia exercitaremos nossa fé, e é nela que tá  a verdadeira vitória.