quinta-feira, 20 de junho de 2013

Protestar contra o que?

Hoje me foi feita esta pergunta, e diante de tantos absurdos no país até ficou difícil de respondê-la. Se alguns estão numa situação comoda, isso não deve significar que se deve  somente olhar para o próprio umbigo. Nosso sistema de saúde e um caos, os valores,  tabela do SUS não são reajustadas desde de 1996, desta forma como ter um sistema de saúde que funcione se os hospitais estão sem dinheiro? A educação não é prioridade, se fosse,  estes valores dos Estádios de Futebol teriam destinação para tal. A Segurança Pública ta falida, sem entrar no mérito das baixas remunerações dos policiais, resta ainda leis e mais leis que no frigir dos ovos o juiz pouco faz, pois nem as ordens judiciais alguns réus cumprem, pouco ligam para uma ordem de prestação de serviço, acertam pra pagar a pena, mas não não vão no local onde deveria ser pago a pena, sendo assim, vira mexe e não da em nada...e por ai vai...Talvez para os incompetentes políticos isso sirva de algo, senão, talvez um dia acabaremos tirando os governos na força, coisa que recém agora estamos descobrindo a forma de como fazer.