terça-feira, 9 de setembro de 2014

Será que sou Otimista?



Nunca fui de pregar a Infelicidade...Certo dia, um conhecido me disse: Tu és extremamente otimista...Sinceramente Fiquei Surpreso, eu próprio não tinha a ideia que era assim. Tá certo que sou cheio de manias e manias se tornam defeitos, e defeitos contagiam as pessoas que estão a nossa volta, e eu não quero, não quero contagiar ninguém com defeitos, pelo contrário quero se for possível, ser contagiado e contagiar as pessoas mas com otimismo, com felicidade com atos que de uma forma ou outra possam lhes ajudar. Não tenho o dom de ajudar as pessoas que precisam, Não sou caridoso, tá certo que vez e outra dou uma moeda a um pedinte, falo algo a alguém que acho precisar ouvir,  mas isso não me faz uma pessoa que Ajude alguém, Não sou evoluído ainda a tal ponto de despojar-me de minhas coisas para o bem do próximo, na certa terei que nascer alguns milhões de vezes para assim agir mas ainda Não cheguei a este patamar, portanto, preciso, preciso de gente que me contagie, mas com ares de felicidade, com ares pré- determinados sem futilidades, com palavras boas, claro não vamos mascarar a vida, pois viver Não é para qualquer um, viver é para os fortes, ter a coragem de vir pra cá enfrentar tudo isso, se sujeitar a entrar neste mundo onde temos dores  e decepções, como falei Não é para qualquer um, mas como o Criador sabe o que faz, e faz tudo para o nosso bem, não interpreto o viver como um carma, e sim como uma necessidade...Sendo assim, pensando bem...até concordo com o conhecido....Acho que sou mesmo um otimista, Não ao extremo, Mas otimista...Ou Racional??