sábado, 2 de julho de 2011

O futuro depende do labor atual, creia nisso

"O Espiritismo dilata o pensamento e lhe rasga horizontes novos. Em vez dessa visão acanhada e mesquinha que o concentra na vida atual, que faz do instante em que vivemos na Terra único e frágil eixo do porvir eterno, ele, o Espiritismo, mostra que essa vida não passa de um elo no harmonioso e magnífico conjunto da obra do Criador". Allan Kardec, O Evangelho Segundo o Espiritismo, capítulo 2, item 7.


O Espírito precisa ser cultivado, como um campo. Toda a riqueza futura depende do labor atual, que vos granjeará mais do que bens terrenos: a elevação gloriosa?. Allan Kardec, O Evangelho Segundo o Espiritismo, capítulo 11, item 8.



?Cada Espírito se demora em sintonia com a faixa emocional em que se expressa. Impulsos positivos e negativos a todo momento trabalham para a sua mudança mental. Se lhe aprazem as emoções grosseiras, os impulsos o reterão no solo da animalidade. Se você anseia paz e gozo libertador, impulsos superiores o alcançarão, erguendo-o aos cimos das dificuldades com as asas das ações santificantes.

Siga a atração da Luz, abra os braços em movimentos de amor e, impulsionado pela força do bem, você desdobrará possibilidades, libertando o Espírito dos apelos primitivos sob o comando de impulsos que o conduzirão aos páramos sublimes?. Marco Prisco (espírito) / psicografia de Divaldo Franco