quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Deputado e contra auxílio moradia aos juizes

Tribuna
Jeferson questiona auxílio moradia dos juízes
Cristiane Vianna Amaral - MTB 8685 | PT   17:16 - 23/08/2011
Foto: Marcelo Bertani / Ag. ALRS
 

Jeferson criticou a decisão de cortar CCs do Governo Estadual
Jeferson criticou a decisão de cortar CCs do Governo Estadual
 

O deputado Jeferson Fernandes (PT) esteve esta tarde (23/8) na tribuna para criticar o auxílio moradia dos juízes. O benefício, que não possui lei autorizativa, é concedido apenas por um ato administrativo. Cada magistrado recebe R$ 7 mil por mês, um custo de R$ 650 milhões, retroativo ao período de 1994 a 1998. “Esse valor seria suficiente para dar reajustes melhores para professores, brigadianos e servidores em geral. Precisamos aproximar os salários menores dos maiores”, justificou. O parlamentar também defendeu o reajuste de 12% para os servidores do judiciário.
Jeferson também questionou o corte dos cargos de confiança do executivo estadual noticiado hoje na imprensa. Em 2009, o sindicato dos servidores do Ministério Público entrou com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade contra a criação de 106 cargos de confiança no órgão. “O objeto é o mesmo, a argumentação é semelhante, mas um acórdão do Tribunal de Justiça julgou improcedente a ação do sindicato. Qual é a lógica?” Segundo o parlamentar, o Ministério Público tem 309 cargos de confiança e o Tribunal de Justiça, 1700. “Às vezes, parece que só o executivo e o legislativo têm Ccs.”, ressaltou.
O parlamentar acredita que essas informações precisam ser de conhecimento público. “A população deve saber como as coisas acontecem dentro de todos os poderes.”