sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Governador do Piauí cita RS como um dos piores salários das PMs brasileiras

A crise no Piauí, com a paralisação dos Policiais e Bombeiros Militares por melhores salários, mostrou que o RS está servindo de exemplo do que existe de pior em termos de remuneração dos Policiais e Bombeiros Militares. Em entrevista, o governador Wilson Martins (PSB), disse: “O salário que o PM ganha no Piauí não é o que nós gostaríamos. No país todo é baixo. O que pagamos é mais que o que se paga no RS e no Pará, por exemplo…”.
O governador piauense reconheceu que as condições de trabalho não são as ideais, mas destacou avanços na segurança pública, desde que assumiu em 2010.
Os Policiais e Bombeiros permanecem de braços cruzados. O Movimento Polícia Legal iniciou dia 13 de agosto. O governador Wilson Martins está em Brasília e solicitará  ao ministro da justiça, José Eduardo Cardoso, reforço no Grupamento da Força Nacional de Segurança, que está atuando no estado, desde o início do movimento dos trabalhadores fardados.
Conforme o chefe do Executivo do Piauí, um projeto concedendo 100% de reajuste, parcelado entre 2012 e 2015 será enviado à Assembléia Legislativa e deve ser aprovado sem problemas.
Desde o início da manhã de hoje (17/8), os militares protestam na Praça da Liberdade, em frente ao  Palácio Karnack, sede do governo.