domingo, 14 de agosto de 2011

Os ingratos


Creio que todos, todos nós, de uma forma e outra, esquecemos daqueles  que um dia nos fizeram o bem. A quem faz, resta ser como o segredo, que mais quardado é, quando esquecido.Perdemos tempo e mais tempo, remoendo, lembrando  dores, enquanto deveríamos  sim,  viver, agradecer e lembrar as benésses da  vida. Tenho poucas lembranças do meu pai, uma está presente “ a vez que ele mandou- me comprar sorvete. Cada momento é único, já pensou se o próximo movimento de alguém que você ame, seja o último? Ou o seu? Como desejas ser lembrado? Que ato pode lhe presentear, entrando  para a historia das memórias da vida ? Do meu pai, ficou isso, poucas, mas boas lembranças. Chico Xavier disse" Os ingratos perdem a memória”. Será??