segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Outro dia foi sopa, agora café com leite na veia


A família da idosa Palmerina Pires Ribeiro, de 80 anos, acusa uma estagiária do Posto de Atendimento Médico (PAM) de São João de Meriti, na Baixada Fluminense, de aplicar, por engano, café com leite na sonda incorreta - que leva o alimento direto para a veia e causar a morte da paciente. O caso aconteceu na tarde de domingo (14). Em entrevista ao G1, na manhã desta segunda-feira (15), a filha da vítima, Ilma Ribeiro, disse que os parentes estão 'chocados' com o ocorrido.
Na quarta-feira (10), uma outra  idosa, de 88 anos também morreu após uma enfermeira injetar sopa em sua veia.  O caso ocorreu em Barra Mansa, na Região Sul Fluminense. No mesmo dia, o Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro (Cremerj) abriu uma sindicância para apurar o ocorrido.