segunda-feira, 29 de julho de 2013

Exercitando a morte

A medida em que a passagem deste mundo para o outro se aproxima, urge em cada um de nós a renovação intima, que começou nos primórdios da tenra idade sendo esquecida pelos problemas diários. Lembremo-nos, Jesus deixou para nós uma estrada bem sinalizada, basta que sigamos o caminho.