terça-feira, 5 de agosto de 2014

Pais que deixam o filho ganhar o jogo

As crianças tem uma sabedoria natural, brincam e competem de acordo com os conhecimentos e as capacitações de que dispõem.

E mais fácil para o pai brincar como se fosse criança e deixar o filho ganhar sempre. Esse comportamento, contudo, da à criança uma visão irreal do que é jogar. Ganha-se algumas vezes, perde-se outras.

Essa dinâmica pode ser transmitida ao escolher ora atividade em que o pai é bom, ora atividades em que o filho é melhor. O pai joga damas como ninguém, E o filho sai perdendo. Parabéns para o pai! Num videogame, o filho ganha e o pai perde. Parabéns para o filho! Assim se aprende que as pessoas são boas em algumas coisas, mas não em tudo.


Içami Tiba- do livro Quem Ama Educa